quinta-feira, 9 de outubro de 2008

PALAVRAS AO VENTO.

Um dia frio trazendo consigo palavras jogadas ao vento...
Palavras que, misturadas ao vento gelado, produzem um turbilhão de sentimentos distintos.
Palavras de escárnio que ferem, palavras que golpes cruéis desferem.
Ofendem, arrasam, desdenham. Palavras que oprimem, que humilham e que julgam.
O vento frio e a garoa trazem consigo palavras de má sorte, palavras que jamais deveriam sair do mundo subjetivo dos pensamentos...
Os pensamentos voam além da velocidade da luz e as palavras saem desordenadas, irritadas, rancorosas...
Perto dalí, o mesmo vento gelado traz consigo palavras agradáveis. Palavras que elogiam e que incentivam. Palavras que confortam e que induzem ao riso. Palavras combinadas virando boas notícias. Palavras combinadas virando lindos poemas.
Poemas sem rimas, sem tanto valor literário para muitos estudiosos, mas poemas do mais alto valor para quem ouve, para quem recebe, para quem tem a felicidade de "sentir" sussurrantes palavras no vento frio do dia cinzento.
Palavras doces, palavras de amor... Palavras que são ouvidas pelo coração. Palavras abstratas, palavras "mudas", palavras antagônicas. Palavras não ditas, mas sentidas, expressas por gestos e expressões faciais.
Palavras de amor que encantam, que fazem o dia valer à pena, palavras modernas ao telefone, no e-mail, por torpedo.
PALAVRAS E APENAS PALAVRAS, distintas e contundentes conseguem fazer num mesmo canto da cidade dois corações viverem tão diferentes sensações. Enquanto um chora, o outro suspira. Enquanto um lamenta, o outro festeja. Enquanto um não enxerga ninguém por vergonha, o outro não enxerga nada por amor... Corações distintos por toda a cidade. Palavras jogadas ao vento por todos os cantos. Sentimentos confusos, sorrisos, tormentos, amor e lamentos, por palavras cruéis e doces jogadas ao vento.

2 comentários:

Fecer disse...

Poxa vida! E parece estranho pensarmos que tudo isso vem "só" de palavras...
Belas palavras as suas!

Kléber disse...

Pois é, Fe... As palavras têm poder... Podem destruir ou edificar. Legal que tenha gostado!!!!!

10 de Outubro de 2008 05:02